quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Chuviscos num copo d'água

Dia depressivo. Eu estou vivenciando um, nesse exato momento.
Sabe quando acontece uma coisa muito boa contigo e quando vais compartilhar com uma amiga ela só diz: hum. Ou quando ninguém te liga ao menos pra perguntar se tu estás bem? Tenho os pais separados, e os dois são muito ocupados, então, nem com eles eu tive contato hoje. Será que esqueceram de mim?
Nenhuma mosca sequer quis encostar em mim hoje, tentei até brincar com pequenas borboletas, mas elas também não me deram bola. Algo me faz pensar que a única pessoa que ainda gosta de mim é meu eterno companheiro de sono Frederico (um urso de pelúcia grande e rosa que usa um laço xadrez no pescoço).

Fui pra uma festa esse fim de semana e reencontrei um ex namorado, e algumas horas depois de nos cumprimentarmos, já estávamos nos beijando. Ele tava com saudades e eu também, e até estamos tentando engatar um namoro de novo, mas eu acho que isso também não tá dando certo, só pra variar um pouco. Minha vida tá uma bagunça, uma 'coisa triste', como diria minha vó. Tudo isso que tá acontecendo só faz com que eu me lastime mais e diga que só tenho uma única amiga verdadeira: minha mãe. Tenho certeza de que quando eu falar tudo o que estou sentindo, ela vai dar um jeitinho de me deixar mais alegre, nem que seja com um simples chocolate quente. Enquanto eu não melhorar, e a minha crise existencial não acabar, infelizmente não vou conseguir postar coisas interessantes e excitantes no blog. Talvez o nome desse mini drama possa até ser Carência. Mas, mesmo assim, me perdoem, e peçam pro papai do céu que ele traga meus amigos de volta, e que faça com que coisas boas voltem a acontecer comigo.


p.s.¹: Tô me sentindo uma boba depois de ter escrito isso. Tanta gente com problemas maiores que os meus e eu falando asneiras aqui.
p.s.²: Torçam pro meu 'quase namoro' dar certo. Eu amo ele e ele me ama. Tem tudo pra dar certo, mas o que impede que isso aconteça é a distância e o fato de não estarmos mais no mesmo colégio. É uma pena.

Se até quando estamos assistindo aquele programa de TV tão legal acontecem alguns erros na trasmissão, porque na vida a gente não deve ter uns momentos ruins também? É um pouco admissível. Quem sabe amanhã eu venha a ter o melhor dia da minha vida (ou não).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Chuviscos num copo d'água

Dia depressivo. Eu estou vivenciando um, nesse exato momento.
Sabe quando acontece uma coisa muito boa contigo e quando vais compartilhar com uma amiga ela só diz: hum. Ou quando ninguém te liga ao menos pra perguntar se tu estás bem? Tenho os pais separados, e os dois são muito ocupados, então, nem com eles eu tive contato hoje. Será que esqueceram de mim?
Nenhuma mosca sequer quis encostar em mim hoje, tentei até brincar com pequenas borboletas, mas elas também não me deram bola. Algo me faz pensar que a única pessoa que ainda gosta de mim é meu eterno companheiro de sono Frederico (um urso de pelúcia grande e rosa que usa um laço xadrez no pescoço).

Fui pra uma festa esse fim de semana e reencontrei um ex namorado, e algumas horas depois de nos cumprimentarmos, já estávamos nos beijando. Ele tava com saudades e eu também, e até estamos tentando engatar um namoro de novo, mas eu acho que isso também não tá dando certo, só pra variar um pouco. Minha vida tá uma bagunça, uma 'coisa triste', como diria minha vó. Tudo isso que tá acontecendo só faz com que eu me lastime mais e diga que só tenho uma única amiga verdadeira: minha mãe. Tenho certeza de que quando eu falar tudo o que estou sentindo, ela vai dar um jeitinho de me deixar mais alegre, nem que seja com um simples chocolate quente. Enquanto eu não melhorar, e a minha crise existencial não acabar, infelizmente não vou conseguir postar coisas interessantes e excitantes no blog. Talvez o nome desse mini drama possa até ser Carência. Mas, mesmo assim, me perdoem, e peçam pro papai do céu que ele traga meus amigos de volta, e que faça com que coisas boas voltem a acontecer comigo.


p.s.¹: Tô me sentindo uma boba depois de ter escrito isso. Tanta gente com problemas maiores que os meus e eu falando asneiras aqui.
p.s.²: Torçam pro meu 'quase namoro' dar certo. Eu amo ele e ele me ama. Tem tudo pra dar certo, mas o que impede que isso aconteça é a distância e o fato de não estarmos mais no mesmo colégio. É uma pena.

Se até quando estamos assistindo aquele programa de TV tão legal acontecem alguns erros na trasmissão, porque na vida a gente não deve ter uns momentos ruins também? É um pouco admissível. Quem sabe amanhã eu venha a ter o melhor dia da minha vida (ou não).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia Também

Related Posts with Thumbnails