sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Nítidas Trevas

A sensação de estar te perdendo
Veio à tona
No meio de um céu estrelado
Eu consegui ver infinitas trevas

Tanto tempo ainda por vir
Mas por outro lado
Tão pouco tempo antes de começar

Estarei diante de um oceano
Que terei de atravessar
Sem antes poder descansar

Estava muito bom
Pra ser verdade
Já consigo ver nítidas trevas
No antigo céu estrelado

Tanto tempo ainda por vir
Mas por outro lado
Tão pouco tempo antes de começar
Estava muito bom
A ponto de ser irreal

Por Bruna Reis

Nenhum comentário:

Postar um comentário

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Nítidas Trevas

A sensação de estar te perdendo
Veio à tona
No meio de um céu estrelado
Eu consegui ver infinitas trevas

Tanto tempo ainda por vir
Mas por outro lado
Tão pouco tempo antes de começar

Estarei diante de um oceano
Que terei de atravessar
Sem antes poder descansar

Estava muito bom
Pra ser verdade
Já consigo ver nítidas trevas
No antigo céu estrelado

Tanto tempo ainda por vir
Mas por outro lado
Tão pouco tempo antes de começar
Estava muito bom
A ponto de ser irreal

Por Bruna Reis

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia Também

Related Posts with Thumbnails