quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Qual a diferença entre Emergência e Urgência ?


Qual a diferença entre urgência e emergência? Qual situação é mais crítica? A dúvida surgiu enquanto eu estava ouvindo um noticiário durante o almoço, e acredito que muitos a tenham também. Os dois conceitos são muito semelhantes, mas a diferença é singela e importante.


Os pacientes que precisam de um atendimento de EMERGÊNCIA são aqueles que não podem esperar, precisam de um tratamento médico imediato.

Exemplos: Pessoas que chegam ao hospital em ambulâncias, com fortes dores ou correndo risco de morte. Parada cardiorespiratória e hemorragias são sempre emergências.


Os pacientes que precisam de um atendimento de URGÊNCIA são aqueles que estão com necessidade de assistência médica, por dores ou mal-estar, sem risco de morte, mas que não podem esperar por uma consulta ambulatorial.

Exemplos: Fratura, dependendo do comprometimento, pode ser urgência. Entorses e luxações são geralmente urgências.

Geralmente os pacientes que necessitam de urgência são atendidos por ordem de entrada, enquanto numa emergência o atendimento deve ser imediato.


Essa distinção é importante para se estabelecer também a diferença entre "plantão" e "sobreaviso". O estabelecimento que estiver sujeito a receber casos de emergência terá que ter equipe de plantão. Os outros podem ter manter a equipe de sobreaviso, sem necessidade de uma equipe no local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Qual a diferença entre Emergência e Urgência ?


Qual a diferença entre urgência e emergência? Qual situação é mais crítica? A dúvida surgiu enquanto eu estava ouvindo um noticiário durante o almoço, e acredito que muitos a tenham também. Os dois conceitos são muito semelhantes, mas a diferença é singela e importante.


Os pacientes que precisam de um atendimento de EMERGÊNCIA são aqueles que não podem esperar, precisam de um tratamento médico imediato.

Exemplos: Pessoas que chegam ao hospital em ambulâncias, com fortes dores ou correndo risco de morte. Parada cardiorespiratória e hemorragias são sempre emergências.


Os pacientes que precisam de um atendimento de URGÊNCIA são aqueles que estão com necessidade de assistência médica, por dores ou mal-estar, sem risco de morte, mas que não podem esperar por uma consulta ambulatorial.

Exemplos: Fratura, dependendo do comprometimento, pode ser urgência. Entorses e luxações são geralmente urgências.

Geralmente os pacientes que necessitam de urgência são atendidos por ordem de entrada, enquanto numa emergência o atendimento deve ser imediato.


Essa distinção é importante para se estabelecer também a diferença entre "plantão" e "sobreaviso". O estabelecimento que estiver sujeito a receber casos de emergência terá que ter equipe de plantão. Os outros podem ter manter a equipe de sobreaviso, sem necessidade de uma equipe no local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia Também

Related Posts with Thumbnails