segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Irmãos


Antes eu vivia questionando a existência dos meus dois irmãos, "Por que eles existem?", "O que fiz pra merecê-los?".

Decidi, então, observar pra tirar minha conclusão.

Consegui.
Eu vi que se meus irmãos não existissem, eu seria a "princesinha" da casa e nunca aprenderia a dividir meu espaço com outra(s) pessoa(s). Meus irmãos, apesar de serem menores que eu, me ensinam muitas coisas todos os dias, as vezes até me mostram coisas simples que eu não conseguiria ver sem a ajuda deles.
Eu vi também, que com o tempo que eu perco brigando com eles, não ganho nada, e se um dia eu não puder mais vê-los, vou me arrepender de não ter aproveitado o tempo que brigávamos fazendo outras coisas, como, fazer desenhos pra que eles possam adivinhar o que é, me esconder atrás das portas dos quartos pra eles me acharem, e até cantar músicas da Xuxa com a minha irmãzinha menor. Estou aprendendo a cada dia que passa, demonstrar mais o que sinto, pra que um dia eu não me arrependa de não ter feito alguma coisa por eles, não pelo fato de não ter tido oportunidades, mas pelo fato de não querer ter feito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Irmãos


Antes eu vivia questionando a existência dos meus dois irmãos, "Por que eles existem?", "O que fiz pra merecê-los?".

Decidi, então, observar pra tirar minha conclusão.

Consegui.
Eu vi que se meus irmãos não existissem, eu seria a "princesinha" da casa e nunca aprenderia a dividir meu espaço com outra(s) pessoa(s). Meus irmãos, apesar de serem menores que eu, me ensinam muitas coisas todos os dias, as vezes até me mostram coisas simples que eu não conseguiria ver sem a ajuda deles.
Eu vi também, que com o tempo que eu perco brigando com eles, não ganho nada, e se um dia eu não puder mais vê-los, vou me arrepender de não ter aproveitado o tempo que brigávamos fazendo outras coisas, como, fazer desenhos pra que eles possam adivinhar o que é, me esconder atrás das portas dos quartos pra eles me acharem, e até cantar músicas da Xuxa com a minha irmãzinha menor. Estou aprendendo a cada dia que passa, demonstrar mais o que sinto, pra que um dia eu não me arrependa de não ter feito alguma coisa por eles, não pelo fato de não ter tido oportunidades, mas pelo fato de não querer ter feito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leia Também

Related Posts with Thumbnails